Apollo Apollo

Tecnologias

Apollo

Imagem do equipamento azul e branco, em formato retangular, com quatro rodinhas na base, uma tela no topo e dois pontos para a aplicação.

O que é o Apollo?

Apollo é um aparelho indicado para combater a flacidez e a gordura localizada, ajudando a melhorar o contorno corporal. Seu funcionamento se dá através da radiofrequência, tendo como base a tecnologia tripolar. O Apollo emite lasers que chegam às camadas mais profundas da pele, aquecendo os fios de sustentação dos tecidos e, consequentemente, melhorando seu aspecto visual a cada nova sessão. 

O aparelho pode tratar a flacidez do corpo e do rosto, graças a três ponteiras diferentes – de tamanho grande, médio e pequeno – indicadas pada cada área e que, durante o uso, chegam à temperatura de mais ou menos 40º C.

Como o Apollo funciona?

Como trabalha a partir da radiofrequência, o Apollo usa o calor para eliminar, principalmente, a flacidez e, também, a gordura localizada. Sua energia tripolar estimula a produção de colágeno e acelera o metabolismo, pois incita a contração imediata do colágeno e a remodelação das fibras e da elastina. Além disso, o tratamento ainda estimula os fibroblastos a produzirem mais colágeno.

Primeiro, a ponteira bipolar atinge as camadas médias da pele. Depois, a ponteira unipolar, de ação mais profunda, entra para reduzir a flacidez e a gordura localizada. Essa técnica não é invasiva e não causa dor ao paciente, por isso, é indicada para qualquer parte do corpo, inclusive o rosto.

Quais os resultados e benefícios?

Uma vez que o Apollo atua diretamente sobre as camadas de colágeno e fibras musculares, ele deixa a pele mais saudável e vistosa, e ainda queima as gorduras localizadas que tanto incomodam e afetam a autoestima. Essa tecnologia aumenta o tônus e dá mais firmeza à pele, promovendo também a perda de líquido do interior das células de gordura. O resultado é um tecido mais liso e visualmente bonito.

Ao promover a contração das fibras, o aparelho firma a pele, refletindo em um efeito imediato. Já o estímulo na atividade dos fibroblastos resulta na regeneração do colágeno, criando assim um efeito a longo prazo.

Quantas sessões são necessárias?

Uma sessão dura entre 15 e 40 minutos, dependendo da região que vai receber a aplicação dos lasers com a tecnologia de radiofrequência. Antes de o aparelho ser passado no tecido, é feita uma limpeza na pele e aplicado glicerina – um dos melhores condutores de energia para as camadas mais profundas da derme – que é um facilitador para o deslizamento do Apollo.

O tratamento pode ser feito com frequência semanal, quinzenal ou mensal, de acordo com a área desejada. Para a face, são indicadas pelo menos quatro sessões, com maior intervalo entre uma e outra; já no corpo, o recomendado para atingir os melhores resultados é fazer no mínimo oito sessões com o Apollo, num intervalo de tempo menor.

O procedimento é indolor e não apresenta nenhuma reação após a sua realização. A pele pode ficar levemente avermelhada, mas o rubor some depois de, aproximadamente, 10 minutos.

Quanto custa o procedimento?

É difícil estipular o valor do tratamento com o Apollo sem antes avaliar as características e os objetivos de cada paciente. Isso ocorre, pois, de acordo com as necessidades específicas de cada paciente, assim como as áreas do corpo a serem tratadas, o número de sessões pode variar. Logo, o recomendado é que seja feita uma consulta de avaliação com seu médico, para que então, a partir e todos esses pontos, seja estipulado o número de sessões necessárias e o valor do tratamento completo.

Nossas Tecnologias Nossas Tecnologias

Desfrute a beleza de bem-estar

Tratamentos e protocolos específicos para a saúde da sua pele.

Topo
Open chat