Como prevenir a face das manchas solares? Como prevenir a face das manchas solares?

BLOG

Como prevenir a face das manchas solares?

como-prevenir-manchas-do-sol
05 de setembro de 2019

As manchas na face podem se apresentar em diferentes tipos, como manchas senis, sardas e melasma. Mesmo com suas variações, as manchas possuem um fator determinante em comum: o sol! Em muitos casos, a exposição excessiva aos raios solares causa a alteração da pele, em diferentes regiões da face, através da ação estimulante à produção de melanina, o pigmento responsável pela coloração da pele. Com isso, algumas precauções devem ser feitas para que as manchas na face não passem de um simples detalhe, a vilões! Confira dicas de como se prevenir:

Como evitar o melasma?

Talvez essa seja a pergunta mais frequente entre mulheres quando o assunto é manchas no rosto. O melasma é mais comum no sexo feminino devido às alterações hormonais, uso de anticoncepcionais e da gravidez. Contudo, não há uma causa definida para o surgimento do melasma, assim como, a melhor forma de prevenção para essa mancha na pele – que surge na testa, bochechas e nariz, é com o uso de protetor solar com o fator (FPS) indicado após avaliação médica. Além disso, tratamentos estéticos a laser podem ser uma boa opção para quem busca atenuar as manchas, já que o melasma não tem cura.

Como proteger a pele de manchas senis?

As manchas solares, conhecidas como manchas senis, são consequência do surgimento de manchas escuras, manchas mais claras e as arroxeadas (púrpura senil) em regiões do corpo como, rosto, braços e mãos, com o passar dos anos. Essas manchas aparecem no corpo pela ação dos raios solares, fotoenvelhecimento e podem estar aliadas, também, à fatores genéticos. A melhor prevenção, tanto para pessoas com a pele mais clara, como as mais morenas, é evitar a exposição demasiada ao sol, sem protetor solar e usar objetos, como chapéus e bonés, para proteger a pele. As manchas senis são mais comuns em pessoas idosas e podem ser tratadas com protocolos a laser.

Devo me preocupar com as sardas?

As sardas, apesar de na maioria dos casos serem delicadas, podem contribuir para o surgimento de manchas mais acentuadas na pele. Mais comum em pessoas claras, elas aparecem desde a infância, resultado das primeiras exposições da face aos raios solares. Na medida em que a pessoa cresce, a tendência é que as pequenas manchinhas também aumentem em quantidade, conforme a pele fica exposta ao sol. Em casos de alerta, é importante observar a coloração e o tamanho das sardas, para evitar o desenvolvimento de câncer de pele, por exemplo. Para pacientes que não desejam conviver com as famosas manchinhas, há tratamentos estéticos com Luz Pulsada ou a Laser, que podem ser indicados após avaliação com médico dermatologista para minimizá-las.

Entre os diferentes tipos de manchas de pele, principalmente os mais comuns na face, a melhor forma de se prevenir é com o uso adequado de protetor solar – até nos dias em que os raios do sol estão mais amenos –, assim como, evitar a exposição excessiva da pele ao sol. Mesmo com a eficiência dos procedimentos estéticos e das tecnologias, a saúde da sua pele deve ser mantida em todas os momentos da vida e acompanhada por um dermatologista de confiança!

Nossa bio

icone-menor-dra-sheila-matielo

A Dra. Sheila Matielo (CRM 28.882) é graduada em Medicina pela Universidade de Passo Fundo (UFP) com especialização em Nutrologia e Medicina Estética, e com pós-graduação em Dermatologia. ?‍⚕

Assine a Newsletter

Nossas Tecnologias Nossas Tecnologias

Desfrute a beleza de bem-estar

Tratamentos e protocolos específicos para a saúde da sua pele.

Topo
Open chat