5 dicas de alimentação 5 dicas de alimentação

Tratamentos

5 dicas de alimentação

nutrologia-saude-dra-sheila-matielo

Muitos fatores interferem no seu estilo de vida, principalmente ao se alimentar. O hábito saudável muitas vezes é visto de forma complexa, ou em outros casos, como algo impossível. Porém, há muitas maneiras de se adaptar à uma alimentação variada e balanceada, contribuindo para a saúde do seu corpo, pele e mente, sem agredir ou alterar sua rotina de forma radical. Confira algumas dicas importantes na hora de escolher e consumir seu alimento:

1) Quantidade ideal de porções

A quantidade de vezes em que consumimos verduras, legumes, vegetais e frutas no dia a dia é fundamental para o bom funcionamento dos órgãos, de acordo com as vitaminas e benefícios encontrados em cada um. Ainda assim, é bom lembrar que o ideal de consumo está entre 6 a 9 porções, preferencialmente de verduras e legumes. Além disso, não podemos esquecer das proteínas! O seu consumo ideal é de pelo menos uma porção, três vezes a dia, podendo variar entre ovos, peixes, aves e carnes magras.

2) Prato colorido, organismo em equilíbrio

Você já deve ter escutado sobre a regrinha do prato colorido, né? Então, ela super vale! As refeições principais do dia devem conter os mais variados tipos de vegetais, verduras e legumes, ainda mais se forem verdes! Conforme a coloração do alimento, existem nutrientes, como vitaminas, minerais, antioxidantes e fitoquímicos importantes para a saúde do seu corpo.

3) Reduza a quantidade de carboidratos “ruins”

Essa dica é bem importante em casos que o paciente deseja perder peso. Os carboidratos ruins – que possuem alto índice de glicêmico, como pães, massas, doces, bolos, sucos e refrigerantes, por exemplo, devem ser consumidos de forma bem reduzida. A melhor sugestão é apostar em alimentos naturais, como frutas e legumes.

4) Aposte nas gorduras “boas”

Os alimentos como amêndoas, nozes, castanhas, macadâmias, ovos, abacates, coco, azeite de oliva e a gordura do peixe – o Omega 3, são essenciais para o equilíbrio do organismo. As gorduras “boas” proporcionam benefícios indispensáveis ao corpo, como manter os níveis corretos de colesterol, melhorar a circulação sanguínea e o sistema imunológico, prevenir doenças cardiovasculares, além de reduzir os triglicerídeos sanguíneos.

5) Acompanhamento com nutrólogo

Entre todas as dicas acima, buscar um acompanhamento profissional é ideal para que seu organismo receba o tratamento e avaliação nutricional mais adequada. Desta forma, além avaliar as deficiências nutricionais, o nutrólogo poderá indicar se há a necessidade de um tratamento mais personalizado, de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Nossas Tecnologias Nossas Tecnologias

Desfrute a beleza de bem-estar

Tratamentos e protocolos específicos para a saúde da sua pele.

Topo
Open chat