Transplante capilar: qual a diferença entre FUE e FUT? Transplante capilar: qual a diferença entre FUE e FUT?

BLOG

Transplante capilar: qual a diferença entre FUE e FUT?

um homem branco, de cabelos escuros e ralos, está sentado em um sofá cinza. Seus cotovelos estão apoiados nos joelhos e as mãos estão na cabeça, enquanto seu semblante é de frustração. Ele usa um casaco cinza claro e calças jeans.
23 de março de 2021

A preocupação com a beleza e o bem-estar não se limita mais ao rosto e ao corpo. Os tratamentos capilares estão cada vez mais populares, buscando fortalecer os fios, combater a queda e, até mesmo, a temida alopecia.

Entre estes procedimentos está o transplante capilar e suas duas principais técnicas: o FUE e o FUT. Neste artigo falamos mais sobre o assunto e contamos as principais diferenças entre estes tipos de transplante. Confira!

Como funciona o transplante capilar?

No transplante capilar, um médico especialista faz a retirada fios de cabelo de uma área doadora do próprio paciente, onde haja mais abundância de folículos. Geralmente os fios são retirados da cabeça, mas o corpo também é uma opção, e implantados na área afetada pela queda.

Tanto homens quanto mulheres podem fazer o transplante capilar. Como se trata de um procedimento cirúrgico, envolve anestesia e alguns cuidados operatórios, que variam conforme a técnica escolhida. As principais são FUE e FUT.

O que é o Transplante FUE?

O Transplante FUE (Follicular Unit Extraction) é uma técnica em que os fios de cabelo da área doadora do paciente são retirados um a um e reimplantados individualmente nos folículos capilares. Por ser feito de forma individual, o Transplante FUE não deixa cicatriz linear.

“Ele garante ao paciente essa privacidade, sem deixa a cicatriz como uma característica marcante”, aponta a Dra. Sheila Matielo. O preenchimento com os fios também é feito de forma a preservar as características do paciente; ou seja, tem picos irregulares e vai mais próximo da têmpora, por exemplo, sem deixar uma linha reta.

“O FUE é feito com anestesia local. O paciente termina o procedimento, vai pra casa e repousa por um dia.  Depois, segue sua rotina normal”, explica a Dra. Sheila.  Após a realização do Transplante Capilar FUE, os folículos capilares levam cerca de 90 dias para se desenvolverem e nascer, por isso, o resultado do implante pode ser observado em até 18 meses depois do procedimento.

Nessa técnica, não há necessidade de internação e o pós-operatório não apresenta grandes incômodos. Além disso, o FUE pode ser realizado em outras regiões do corpo, como supercílio, barba e tórax, de acordo com a quantidade de fios presentes na área doadora.

O que é o Transplante FUT?

O FUT (Follicular Unit Transplantation), também chamado de Strip Harvesting, é uma técnica mais antiga. Esse transplante consiste na retirada de uma faixa de couro cabeludo, que acaba implantada em outra parte da cabeça. Justamente por isso, deixa cicatrizes bastante visíveis, o que acaba estigmatizando o paciente.

“O FUT é um processo cirúrgico bem agressivo. Ele deixa uma cicatriz linear, que não há como esconder”, comenta a Dra. Sheila. O procedimento também é feito com a anestesia local e é mais recomendado para casos de calvície profunda, em que o paciente busca resultados muito rápidos.

Qual o preço de um transplante capilar?

O valor de um transplante capilar depende da técnica escolhida, da área em que será realizado e da quantidade de fios necessária. Por isso, só pode ser definido após uma consulta médica, onde o profissional analisa o grau de alopecia e as demais questões relacionadas ao caso de cada paciente.

No caso do Transplante Capilar FUE, como já vimos anteriormente, a técnica pode ser utilizada em diferentes partes do corpo. Logo, o investimento também varia de acordo com a região trabalhada, assim como conforme a extensão.

Onde fazer o transplante capilar?

A recomendação é procurar um profissional que tenha ampla qualificação na área. Se você é de Passo Fundo ou região, aqui na Clínica Médica Dra. Sheila Matielo possuímos conhecimento e grande experiência na realização de transplantes capilares, além de equipamentos de última geração e uma estrutura toda preparada para te atender da melhor forma possível.

Nossa bio

icone-menor-dra-sheila-matielo

A Dra. Sheila Matielo (CRM 28.882) é graduada em Medicina pela Universidade de Passo Fundo (UFP) com especialização em Nutrologia e Medicina Estética, e com pós-graduação em Dermatologia. ?‍⚕

Assine a Newsletter

Nossas Tecnologias Nossas Tecnologias

Desfrute a beleza de bem-estar

Tratamentos e protocolos específicos para a saúde da sua pele.

Topo
Open chat